NewsletterGoogle PlusTwitter Facebook

Publicado em:
2
6/2017

Empresas comemoram realização de negócios e conquista de novos clientes

Resultados positivos e aumento da visitação refletem retomada do otimismo na economia, na avaliação dos organizadores.

Foram encerradas nesta segunda-feira, 29 de maio, as feiras Expo Parques e Festas e Natal Show. Com uma visitação de mais 30.000 compradores, profissionais do setor e autônomos que já trabalham ou querem iniciar um negócio no segmento de festas, doces e decoração natalina, as feiras foram consideradas um sucesso por expositores, visitantes e organizadores (veja depoimentos nos sites das feiras).

Para Lúcia Cristina de Buone, gerente de Negócios da Francal Feiras, esse crescimento é um reflexo que o Brasil está reagindo à retração econômica dos últimos anos. “Os empresários, tanto expositores quanto compradores, querem que o País volte a crescer. Neste sentido, as feiras contribuíram significativamente para os negócios dessas empresas ao longo de todo o ano”.

Isso porque a Expo Parques e Festas oferece um amplo mix de produtos e serviços – de doces, forminhas e artigos de decoração e entretenimento até playgrounds e brinquedos eletrônicos – para lojistas, donos de buffets, compradores corporativos e profissionais autônomos atualizarem seus estabelecimentos e atenderem a demanda de seus clientes. Ao mesmo tempo, a Natal Show reúne os lançamentos em decoração natalina das principais marcas fornecedoras do País, e permite que o varejo se antecipe com as novidades e tendências para abastecer o mercado nas festas de fim de ano.
A extensa programação, voltada não só para atualização dos profissionais do setor de festas, mas também para empreendedores que buscam novas fontes de renda ou um complemento do orçamento doméstico, é outro fator do aumento da visitação da feira, na avaliação dos organizadores.

Negócios
Uma amostra da relevância das feiras para os negócios do setor foi observada nas Rodadas de Negócios, que colocou frente a frente 22 empresas expositoras da Expo Parques e Festas e do salão integrado The Candy com 15 compradores selecionados e convidados pela organização.
As 106 reuniões, pré-agendadas e realizadas num ambiente reservado fora dos estandes, projetaram vendas de R$ 8,3 milhões para os próximos 12 meses – média mensal de R$ 46 mil por empresa participante.
Para a Hiper Festa, de Goiânia, a experiência de participar da Rodada de Negócios na Expo Parques e Festas e The Candy Show foi extremamente positiva. A rede tem 33 lojas próprias e 14 franquias presentes em oito estados brasileiros, no ramo de artigos de festas, alimentos e decoração. “Viemos buscar novidades e tendências. Demos início a várias negociações e marcamos visitas para dar continuidade depois da feira”, revela José Neto, um dos sócios da Hiper Festas.
Lojistas que vieram à feira na intenção de ampliar o mix de produtos de seus estabelecimentos – como A Feira das Festas e a Maria Chocolate, ambas de Belo Horizonte/MG – garantem que encontraram aquilo de que precisavam. “Foi muito interessante e positivo. Estou levando uma bagagem nova para Belo Horizonte”, diz a diretora Telma Rolim, da A Feira das Festas.
Outras empresas, como a paulistana Bom Baiano, pretendem abrir novas lojas e enxergaram no segmento de festas uma oportunidade para isso. O comprador da empresa, Narcelio Dias, considerou sua participação nas Rodadas muito oportuna e fundamental para estudar o mercado. “As Rodadas de Negócios foram essenciais para nos aproximarmos dos fornecedores. Após a feira, já temos várias visitas agendas”, afirma.

Formação profissional
A Expo Parques e Festas, The Candy Show e Natal Show dedicaram 127 horas para a atualização e capacitação profissional dos visitantes, tanto para quem já atua no segmento, quanto para aqueles que pretendem ingressar no mercado com pequenos empreendimentos.
As feiras começaram com um happy hour especial com o diretor-presidente do Sebrae Nacional, Guilherme Afif Domingos, que ministrou palestra sobre empreendedorismo. As Oficinas de Confeitaria, Mostra de Decoração de Mesas de Festas, Workshop de Maquiagem Artística e Efeitos Especiais e, o Seminário Nacional de Arte com Balões foram fundamentais para quem quis se aprimorar ou mesmo aprender as mais modernas técnicas em confeitaria, animação e decoração de festas.
Do mesmo modo, o Fórum Adibra da Indústria de Parques Temáticos e FEC’s, o Seminário de Buffet Infantil, o Encontro Nacional de Animadores Infantis e o Encontro da Indústria de Artigos Religiosos cumpriram sua função de trazer a atualização profissional e promover o em seus respectivos segmentos.

Copa Cake
Um dos momentos mais movimentados da Expo Parques e Festas e The Candy Show ficou por conta das duas finais da primeira edição da Copa Cake, concurso criado para valorizar e dar visibilidade aos novos talentos da confeitaria. No dia 26, os oito concorrentes da categoria Bolo Clássico finalizaram suas produções ao vivo, diante do público e da comissão julgadora, formada por renomados profissionais: Samira Ghannoum, Marcia Acácio, Juliana Andreazi, Ana Costa, Rafael Barros e Mara Cake.
Desta etapa, saíram vencedoras Katheline Lumy Baruel e Camila Ramos, com o primeiro e segundo lugar, respectivamente. No dia 27, aconteceu a final da categoria Bolo Livre, na qual se consagraram campeãs Maria Paula Stuppiello e Barbara Buonanno. Todas elas receberam medalha, prêmio em dinheiro, certificado e brindes dos patrocinadores. A Copa Cake já está confirmada para 2018 com quatro categorias e muitas outras novidades.

Fonte: Primeira Página