Notícias


Publicado em:
10
12/2018

Roupa vermelha do Papai Noel foi criação da Coca-Cola

Em 1931, marca recriou vestes do bom velhinho, sem saber que mudaria para sempre o imaginário do Natal.



Metatags: Natal Show, Papai Noel, Roupa vermelha, Coca-Cola, Campanha publicitária

Qualquer pessoa no mundo, não importa a idade, consegue descrever Papai Noel facilmente: um senhor barrigudo, de barbas e cabelos brancos, botas pretas e uma roupa vermelha brilhante. Mas, você sabia que esta figura, tal qual a conhecemos hoje em dia, não tem nem 100 anos de existência?

Até 1931, o bem velhinho seria descrito como um homem de vestes verdes, especialmente por sua forte influência irlandesa. Mas foi nessa data que tudo mudou definitivamente. Por meio de uma campanha do refrigerante Coca-Cola, Papai Noel ganhou a aparência que seria difundida universalmente e, ao que tudo indica, de maneira definitiva.

Ao ser convidado pela marca para remodelar a figura de Papai Noel para um comercial de fim de ano, o artista Haddon Sundblom, um ilustrador americano nascido em 1899, provavelmente não fazia ideia da influência que teria na cultura do Natal.

Com o sucesso da aposta de Sundblom, não só a marca alavancou vertiginosamente as vendas de seu refrigerante mais famoso, como também colaborou para marcar para sempre o imaginário de crianças e adultos em todo o mundo.

Fonte: Primeira Página


Últimas notícias

Alto custo do frete é desafio para e-commerce

Estudo de Propensão ao Consumo da SAP aponta que custo da entrega é responsável por 70% do abandono da compra no carrinho.
Leia Mais

Proteja seu e-commerce de fraudadores internacionais

Atenção a países de risco, suspeitar de endereços de IP e desconfiar de compras incomuns em larga escala estão entre as dicas.
Leia Mais

Meias penduradas na lareira fazem parte do costume do stocking

Popular nos Estados Unidos e na Europa, prática compreende pequenos presentes e comemoração em família.
Leia Mais